BYD entrega 470 ônibus na Colômbia

BYD entrega 470 ônibus 100% elétricos em Bogotá, Colômbia

A BYD anunciou hoje a entrega de 470 ônibus 100% elétricos para Bogotá, capital da Colômbia. Esta é a maior frota de ônibus 100% elétricos nas Américas e irá efetivamente impulsionar os sistemas de transportes públicos eletrificados já em rápido crescimento na Colômbia e na América.

A Prefeitura de Bogotá e a TRANSMILENIO S.A (Autoridade de Transporte Público da Cidade de Bogotá) realizaram uma grande cerimônia de entrega e lançamento do primeiro lote de 120 ônibus. Este lote de ônibus entrará em operação em nove rotas de ônibus por toda a cidade em 26 de dezembro de 2020, e atenderá aproximadamente 69.300 passageiros. As 350 unidades restantes estão planejadas para serem colocadas nas outras 30 rotas durante o primeiro trimestre de 2021, quando um total de 302.000 passageiros poderão desfrutar do serviço de ônibus com emissão zero.

Novos ônibus possuem carregamento rápido
Cada ônibus leva 1,5 a 2,5 horas para carregar totalmente

Cada ônibus leva 1,5 a 2,5 horas para carregar totalmente

Os 120 ônibus incluem modelos de 12 e 9 metros, com capacidade para 80 e 50 passageiros respectivamente. Eles levam de 1,5 a 2,5 horas para carregar totalmente, com uma autonomia que ultrapassa 300 quilômetros com uma única carga, que pode facilmente atender à quilometragem operacional diária dos ônibus de 260 quilômetros. Em comparação com os ônibus a diesel, a frota de ônibus 100% elétricos da BYD deixará de emitir 12.500 toneladas de dióxido de carbono e 2,5 toneladas de material particulado a cada ano.

“Hoje é um dia histórico que podemos registrar na história de Bogotá”, disse Claudia Nayibe López Hernández, prefeita de Bogotá: “Isso se deve ao esforço conjunto de muitos colombianos talentosos. Queremos comprar mais ônibus elétricos, preferencialmente, que nos permitam retirar a velha frota a diesel e gasolina, e renová-la com ônibus elétricos limpos, prestando mais e melhores serviços aos cidadãos”.

 

cabine de segurança do motorista, plataforma de acesso para pessoas com deficiência, interfaces USB de carregamento de celular e outros recursos centrados nas pessoas

Cada ônibus vem equipado com uma cabine de segurança do motorista, plataforma de acesso para pessoas com deficiência, interfaces USB de carregamento de celular e outros recursos centrados nas pessoas

 

O gerente geral da TRANSMILENIO S.A, Felipe Ramírez Buitrago, apresentou os planos de estações de recarga e a importância da frota. “A estação de carregamento Fontibon, colocada em operação hoje, é a primeira estação de carregamento de ônibus 100% elétrico em Bogotá. Outras três estações de recarga entrarão em funcionamento em outros bairros da cidade. Até lá, Bogotá vai operar um total de 483 ônibus 100% elétricos, dos quais 470 virão da BYD. Esta é a maior frota de ônibus 100% elétricos do país, destacando e consolidando a posição da Colômbia como modelo de proteção ambiental na América Latina”.

“Bogotá está passando por um momento histórico”, disse Lucio Rubio Díaz, Diretor Geral da Enel Colômbia: “Estamos sempre comprometidos com a transição para a energia limpa e este projeto desempenha um papel importante. Ao construir estações de recarga ecológicas, contribuímos positivamente para o desenvolvimento sustentável de Bogotá, melhorando a qualidade do ar para os cidadãos, melhorando a qualidade de vida e oferecendo serviços de viagem mais confortáveis e com emissões zero”.

“É muito bom que nosso sonho se torne realidade”, disse Ricardo Sierra, presidente da Celsia, empresa colombiana de compras de ônibus. “A TRANSMILENIO SA e a cidade de Bogotá são líderes em ônibus elétricos e estão servindo de exemplo para muitas cidades que buscam desenvolver sistemas de ônibus com emissão zero. Parabenizo os cidadãos de Bogotá, que em breve experimentarão o encanto único dos ônibus ecológicos”. Este lote de 120 ônibus foi adquirido pela Celsia e posteriormente entregue à operadora local Gran Américas Fontibon I SAS, com prazo de concessão de 15 anos.

A Diretora Regional da BYD para a América Latina destacou o esforço dos colaboradores durante o período de pandemia, “Durante a pandemia, a BYD superou todas as dificuldades, concluiu a produção dos ônibus com qualidade e entregou no prazo”, disse Lara Zhang. “A dedicação da BYD à inovação em tecnologia de emissão zero se encaixa perfeitamente com o compromisso da cidade de Bogotá e da TRANSMILENIO S.A com o desenvolvimento sustentável.” Os ônibus foram produzidos pelas fábricas de ônibus da BYD em Nanjing e Hangzhou e depois enviados para o porto de Buenaventura em Bogotá.

“Bogotá está na vanguarda do transporte público de emissão zero”, disse Juan Luis Mesa, Gerente Geral da BYD Colômbia. “Para demonstrar a força total da autonomia do veículo e desempenho de direção, fizemos uma abordagem ousada: desde o dia em que os ônibus chegaram ao porto, dirigimos até Bogotá, percorrendo cerca de 500 quilômetros ao longo do caminho, passando por quatro cidades. As pessoas ao longo do caminho ficaram muito surpresas. Estamos confiantes de que a frota de ônibus atraiu com sucesso a atenção do público antes mesmo de começar a operar, e eles estão ansiosos para experimentar essa nova tecnologia”.

Em toda a América Latina, a escolha de novos veículos 100% elétricos da BYD se espalhou para os principais mercados, incluindo Chile, Colômbia, Equador, Brasil, Costa Rica, Uruguai e Argentina. A marca ganhou elogios do mercado por seus notáveis benefícios ambientais e qualidade confiável, e continua a promover o transporte público eletrificado nas Américas. Globalmente, as ofertas de transporte verde da BYD se espalharam por mais de 300 cidades, operando em mais de 50 países e regiões.

Para Aldalberto Maluf, diretor de Marketing e Sustentabilidade da BYD Brasil, a cidade colombiana está em meio a uma transformação inovadora. “Bogotá revolucionou o mundo dos transportes urbanos com o sistema BRT Transmilênio, inovando a operação com a instalação das faixas de ultrapassagem nos corredores exclusivos de ônibus inventados por Curitiba. Agora Bogotá, novamente, sai na dianteira mundial com uma das maiores frotas de ônibus elétricos fora da China, demonstrando que é possível priorizar o transporte público e melhorar o meio ambiente urbano pensando na saúde das pessoas”, conclui o executivo.

Rolar para cima