ônibus elétrico entregue em Aucklands na nova zelândia

Primeira frota de ônibus elétricos em Auckland, na Nova Zelândia,

Primeira frota de ônibus elétricos de Auckland, na Nova Zelândia, começa a ser entregue

Em 10 de novembro, a BYD e a Alexander Dennis Limited (ADL) entregaram seis dos oito ônibus elétricos BYD ADL Enviro 200 EVque foram adquiridos pela Fullers360 para a cidade de Auckland, na Nova Zelândia. No início de novembro, esta frota entrará em serviço pela Waiheke Bus Company, marcando a Ilha como o primeiro distrito de Auckland a operar uma frota de ônibus elétricos. Os outros dois ônibus elétricos irão juntar-se à frota em dezembro, o que faz com que metade dos ônibus na ilha sejam convertidos para operações de emissão zero até o Natal. Esses oito ônibus elétricos são vistos como um marco significativo para o desenvolvimento da mobilidade sustentável para as comunidades da ilha, bem como para a aquisição de ônibus elétricos na Nova Zelândia.

Esses ônibus de 11 metros podem transportar 37 passageiros e podem viajar com uma autonomia de 300 a 400 km com uma única carga. Garantidos pela tecnologia confiável da BYD em sistemas de bateria e transmissão de energia, esses ônibus 100% elétricos atendem frotas de grande capacidade e com longa vida útil da bateria e zero emissões de carbono, o que pode atender totalmente à demanda do mercado local.

ônibus 100% elétrico entregue em Aucklands
Primeira frota elétrica de Aucklands na Nova Zelândia

A Nova Zelândia tem promovido ativamente políticas para lidar com as mudanças climáticas. Em 2017, a Nova Zelândia anunciou planos para ter um fornecimento de eletricidade totalmente renovável até 2035. Em 2019, o parlamento do país aprovou um projeto de lei para combater as mudanças climáticas com o objetivo de reduzir as emissões de gases de efeito estufa da Nova Zelândia e tornar o país amplamente neutro em carbono até 2050.

O prefeito de Auckland, Phil Goff, participou do evento de lançamento e disse que foi ótimo ver os primeiros ônibus elétricos com emissão zero da Waiheke entrando em operação. “As emissões dos ônibus a diesel representam mais de 40% das emissões de carbono de Auckland, então eletrificar a frota de ônibus da Ilha Waiheke, para criar uma rede de transporte público mais sustentável, nos ajudará a reduzir as emissões e a progredir ainda mais em nossas metas de mudança climática”, concluiu.

Rolar para cima