Unicamp, em parceria com CPFL Energia, inicia operação de ônibus 100% elétrico BYD

Publicado em 21.09.2020 | Por Noticias BYD Imprensa

O campus da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) iniciou a operação nesta semana (14 setembro) de um ônibus BYD 100% elétrico, um meio de transporte sustentável, mais silencioso, confortável e gratuito para alunos, professores e funcionários da universidade. A adoção do veículo BYD faz parte de um projeto de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da CPFL Energia, Unicamp, Time Energy e Porakê. Além do ônibus, o projeto também prevê um eletroposto – instalado no estacionamento da biblioteca central -, que será utilizado para recarregar a bateria do veículo. O ônibus vai operar na mesma frota dos demais circulares já existentes na Unicamp, realizando os mesmos trajetos.

Criado a partir do projeto Campus Sustentável da Unicamp, a novidade é financiada pela CPFL Energia por meio do programa de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Intitulado “Laboratório Vivo de Mobilidade Elétrica para Transporte Coletivo na UNICAMP: Integração de Eletroposto Sustentável, Monitoramento Amplo e Conectividade em Tempo Real” o estudo vai avaliar os benefícios econômicos deste tipo de veículo, o desempenho de recarga no eletroposto e comparar os impactos ambientais em relação ao ônibus a diesel, seguindo um conceito de pesquisa chamado laboratório vivo (Living Lab).

Um sistema de monitoramento vai extrair uma série de informações relevantes como posição, velocidade, horário, aceleração, entre outros, essenciais para uma boa gestão de frota, do trânsito, de vias públicas e até o monitoramento da poluição. O projeto já recebeu investimento de R$ 3,4 milhões, colaborando com a formação de alunos de graduação, mestres e doutores da universidade. No total, o investimento será de mais de R$ 6 milhões. A previsão é que o projeto seja finalizado em outubro de 2021, mas o ônibus continuará em circulação após o fim dos estudos.

O diretor da divisão de ônibus da BYD Brasil, Marcello Von Schneider, ressalta a importância dos investimentos em P&D para a introdução e fomento de novas tecnologias no País. “Quanto mais dados e informações científicas conseguirmos apurar numa pesquisa deste porte, maior será a contribuição para a popularização de frotas eletrificadas no país”. Importantes cidades do Brasil como São Paulo, Campinas e Brasília entre outras já iniciaram o processo de eletrificação de frotas. Recentemente, a BYD Brasil também foi a vencedora de uma licitação para fornecer todos os ônibus do primeiro corredor de ônibus 100% elétrico do País, na cidade de São José dos Campos.