BYD assina contrato para construção do VLT do Subúrbio, em Salvador (BA)

Publicado em 15.02.2019 | Por BYD Brasil

Os mais de 600 mil moradores do Subúrbio Ferroviário de Salvador serão os principais beneficiados com a implantação do VLT – Veículo Leve sobre Trilhos – que substituirá o atual sistema de trens que faz a linha da Estação da Calçada ao bairro de Paripe, no Subúrbio Ferroviário.

A assinatura do contrato ocorreu nesta quarta-feira (13), entre o governo do Estado e o consórcio vencedor da licitação, a Skyrail Bahia, composto pelas empresas Build Your Dreams – BYD Brasil, e Metrogreen, responsável pela implantação e operação do sistema. A obra será realizada por meio da modalidade de Parceria Público-Privada (PPP). O leilão foi realizado em maio do ano passado.

O Deputado Nelson Leal, Presidente da Assembleia Legislativa, o Sr. Tyler Li, Presidente da BYD do Brasil, o Sr. Rui Costa, Governador da Bahia, a Sra. Xia Xiaoling, Ministra Conselheira da Embaixada da China no Brasil, o Sr. João Leão, Vice-Governador e Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, o Sr. Bruno Dauster, Secretário Estadual da Casa Civil e o Sr. Sérgio Brito, Secretário Estadual de Desenvolvimento Urbano (da esquerda para a direita), durante a assinatura do contrato

Com investimento total previsto em R$ 1,5 bilhão, o modal metropolitano, que ligará a região do Comércio de Salvador até a Ilha de São João, no município de Simões Filho, será do tipo monotrilho, movido à propulsão elétrica. O VLT terá cerca de 20 km de extensão, 22 estações e terá capacidade de transportar cerca de 150 mil usuários por dia.

O projeto ainda prevê uma ligação com mais quatro estações, entre a região de São Joaquim até o Acesso Norte, passando pela Via Expressa e fazendo, no Acesso Norte, a integração física com o metrô.

Após a assinatura formal do contrato, nesta quarta (13), serão realizados os serviços preliminares previstos no projeto, como o traçado da poligonal onde será implantado o VLT, a instalação do canteiro de obras, além de outros procedimentos. A previsão é que as obras sejam iniciadas 90 dias após a assinatura do contrato e a conclusão estimada em 24 meses.

O resultado da licitação foi divulgado no Diário Oficial do Estado (DOE) em 1º de agosto de 2018 e homologado no dia 10 do mesmo mês. A integração física do VLT com o sistema de metrô de Salvador se adequará à lógica de mobilidade do Governo do Estado, que viabiliza o funcionamento dos modais em um sistema de rede, por meio de serviços complementares.

As atuais 10 estações dos trens do Subúrbio serão desativadas e reaproveitadas para prestação de outros serviços à comunidade, como postos da Polícia Militar e centros de atendimento.

Benefícios do VLT

O VLT proporciona menor impacto ambiental que outros transportes sobre trilho e traz a possibilidade de reurbanização associada ao projeto, gerando retorno em qualidade de vida para a população. Os VLTs já existem há várias décadas em inúmeras cidades do mundo, principalmente na Europa e China, e comprovadamente produzem benefícios, como a ordenação do tráfego urbano, redução dos níveis de poluição e melhoria da mobilidade urbana.

Os VLTs também ajudam a reduzir os custos e o consumo de energia no longo prazo. Seu impacto ambiental local é mínimo devido à tração elétrica. Além disso, o VLT demanda uma faixa estreita na via, o que causa menor impacto urbano durante a operação.

A BYD

“Pioneira em soluções de energia limpa”

Gigante global pioneira em energia limpa, a BYD foi fundada em 1995 e rapidamente se tornou a maior fabricante mundial de baterias recarregáveis e sistemas de armazenamento de energia. Desde 2015, a BYD também vem surpreendendo o mundo como a maior fabricante de automóveis elétricos e híbridos plug-in e ônibus (maiores de 10 metros) do mundo (2015, 2016, 2017 e 2018).

A empresa está presente em cinco continentes, mais de 50 países e em cerca de 200 cidades e têm entre seus sócios o americano Warren Buffet. Com mais de 240 mil funcionários distribuídos em 40 fábricas ao redor do globo (sendo 20 mil engenheiros pesquisadores), a chinesa BYD é, ainda, a segunda maior fornecedora de componentes para celulares, tablets e laptops no mundo para outras marcas globais, e considerada uma das 15 empresas que estão mudando o mundo para melhor, “Change The World”, da Revista Fortune.

Em 2016, a BYD ganhou o prêmio Zero Emission Eco system da ONU, na categoria grandes corporações. Em 2016, a empilhadeira elétrica da BYD ganhou o prêmio IFOY de melhor empilhadeira elétrica do mundo. A primeira vez que uma marca não europeia ganha o principal prêmio do setor de logística na Europa.

A BYD lançou sua primeira linha comercial de Skyrail em outubro de 2016, na cidade de Yinchuan, na China. Desde então, já possui projetos em operação em 20 cidades chinesas. Além disso, a empresa tem realizado estudos de viabilidade em mais de 100 localidades globalmente.

No Brasil, a BYD abriu sua primeira fábrica em 2015 para produção de ônibus elétricos e comercialização de veículos e empilhadeiras em Campinas, interior de São Paulo. Em abril de 2017, inaugurou sua planta de produção de módulos fotovoltaicos.